CNE aprova Normas para o Ensino de Computação na Educação Básica: O que isso significa?

No dia 17/02/2022, o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou as “Normas sobre Computação na Educação Básica – Complemento à BNCC”, o qual está no MEC para homologação.

Na prática, isso significa que a computação passará a ser uma disciplina regular obrigatória em todas as escolas do Brasil, a partir do 1º ano do Ensino Fundamental, já em 2023!

O texto-base aprovado é muito bom e vale a pena ser lido na íntegra. Ele traz estudos atuais sobre o tema e o papel central da computação no exercício da cidadania:

“Inteligência artificial, aprendizado de máquinas, internet das coisas, automação – quem argumentaria contra a importância e onipresença da computação na contemporaneidade? (…). Como formar cidadãs e cidadãos para o pleno desenvolvimento da cidadania e para o mundo do trabalho, conforme assegura a carta magna, ignorando o modus operandi pela qual opera o desenvolvimento econômico contemporâneo?”

O documento concebe a Computação para Educação Básica, formada por 3 eixos fundamentais:

  • Pensamento Computacional: refere-se à habilidade de trabalhar com problemas e suas soluções através do desenvolvimento de algoritmos, alavancando a aprendizagem e o pensamento criativo e crítico nas diversas áreas do conhecimento.
  • Mundo Digital: envolve aprendizagens sobre artefatos digitais, compreendendo tanto equipamentos (hardware) quanto programas (softwares e redes de dados). Compreender o mundo contemporâneo requer conhecimento sobre o poder da informação.
  • Cultura Digital: envolve aprendizagens voltadas à participação consciente e democrática nas redes digitais e a consequente construção de atitude crítica, ética e responsável em relação a elas.

image
Eixos da Computação

Outro ponto interessantíssimo do texto-base é que ele já concebe o ensino da computação como algo essencialmente interdisciplinar e transversal entre os campos do saber.

“Deve-se observar que Computação é uma Ciência, e não parte ou tecnologia associada à Matemática. Um eventual itinerário formativo em “Computação” pode envolver robótica, automação, inteligência artificial, programação e jogos digitais. Isso poderá facilitar excelentes oportunidades de interdisciplinaridade nas exatas, nas humanidades, nas artes.”

A normatização colocará, definitivamente, a Computação, seus fundamentos e tecnologias no centro do sistema educacional brasileiro.

E o Material Didático da Edubot já contempla, em suas Habilidades e Competências, praticamente todas as definidas no documento aprovado pelo CNE.

Agora é a hora de levar a Robótica para sua escola como uma ferramenta de transformação das realidades dos alunos das redes púbicas e privadas de ensino.

Clique aqui para baixar o documento na íntegra

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=182481-texto-referencia-normas-sobre-computacao-na-educacao-basica&category_slug=abril-2021-pdf&Itemid=30192

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Recentes